JAMAIS ESQUECEREMOS
Registros de uma quarentena

 

Reinvenção da rotina e reflexão sobre o ficar em casa: contribuir para diminuir a velocidade da propagação do vírus, tendo em vista a saúde pública, o coletivo e ao mesmo tempo ter a consciência dos privilégios existentes nesse ato. Dispor de um lar, alimentos, proteção e poder cumprir o isolamento.

A distância social gritante, apresenta-se ainda maior. Pulsa em nós a importância de aprofundar o olhar para dentro e agir. Colaborar para transformar.

Em meio a tudo isso, também pensar sobre a qualidade da presença em família: estar junto o tempo todo. Filhos que sentem o distanciamento mesmo sem entender a complexidade da situação, de repente se viram sem algumas das bases que até então os moldavam: escola, amigos, familiares e têm surpreendido na capacidade imensa de compreensão a respeito das mudanças e cuidados necessários.

Apesar dos novos desafios, trazem leveza e doçura para este inesquecível momento.

Anita Furquim Brasiliano, Antonio Furquim Brasiliano, Mariana Furquim, Antonio Brasiliano